top of page

𝐒𝐞𝐠𝐮𝐧𝐝𝐨 𝐅ó𝐫𝐮𝐦 𝐝𝐞 𝐃𝐢á𝐥𝐨𝐠𝐨 𝐂𝐢ê𝐧𝐜𝐢𝐚/𝐒𝐨𝐜𝐢𝐞𝐝𝐚𝐝𝐞

𝐏𝐫𝐨𝐠𝐫𝐚𝐦𝐚 𝐔𝐍𝐈.𝐀𝐎 𝐞 𝐈𝐧𝐬𝐭𝐢𝐭𝐮𝐢çõ𝐞𝐬 𝐝𝐨 𝐄𝐧𝐬𝐢𝐧𝐨 𝐬𝐮𝐩𝐞𝐫𝐢𝐨𝐫 𝐝𝐚 𝐩𝐫𝐨𝐯í𝐧𝐜𝐢𝐚 𝐝𝐚 𝐇𝐮í𝐥𝐚 𝐫𝐞𝐚𝐥𝐢𝐳𝐚𝐦 𝐨 𝐒𝐞𝐠𝐮𝐧𝐝𝐨 𝐅ó𝐫𝐮𝐦 𝐝𝐞 𝐃𝐢á𝐥𝐨𝐠𝐨 𝐂𝐢ê𝐧𝐜𝐢𝐚/𝐒𝐨𝐜𝐢𝐞𝐝𝐚𝐝𝐞

 

O Programa de apoio ao Ensino Superior (UNI.AO), em colaboração com o ISCED ISCED-Huíla, Universidade Mandume ya Ndemufayo e o Instituto Superior Politécnico Tundavala, realiza nos dias 05, 06 e 07 de Junho de 2024, no Lubango, o Segundo Fórum de Diálogo Ciência/Sociedade, com o tema “A transição energética ao serviço de uma diversificação eco-nómica inclusiva e sustentável”.

 

O Fórum visa fomentar reflexões sobre as principais formas e canais de interacção entre o mundo académico e a sociedade, bem como os principais obstáculos e desafios existentes nesta relação, e apoiar a criação e implementação de uma plataforma formal de articulação entre as IES, as Empresas Privadas, a Sociedade Civil e os Organismos Públicos Locais. O objectivo geral é abrir portas para que estes actores possam trabalhar melhor em conjunto para implementar políticas e iniciativas eficazes que promovam uma transição energética bem-sucedida.

A temática da transição energética está ligada a uma variedade de assuntos que são de suma importância para a sociedade no seu conjunto e, consequentemente, objectos de investigação científica e produção de conhecimentos.

Durante três dias, propõe-se discutir as problemáticas inerentes aos três grandes pilares do ensino superior e investigação (ensino, extensão e investigação):

• Como melhorar a oferta formativa para que melhor se enquadre com as necessidades do mercado (maior empregabilidade que inclui o autoemprego e a capacidade dos diplomados de criar empresas, metodologias de ensino, dos estágios, ligação IES/empresas) e quais perfis de quadro são desejados?

• Quais são as contribuições das IES e do empreendedorismo universitário aos desafios da sociedade? De que maneira as IES podem prestar serviços a comunidades?

• Qual é o papel da investigação científica desenvolvida nas universidades no desenvolvimento do sector privado? Como criar mais sinergias e intercâmbios entre e IES, empresas e a agricultura familiar (e as associações que lhes apoiam)? Como as investigações desenvolvidas nas IES podem ser úteis para o sector?

 

A programação deste segundo fórum prevê a realização de mesas redondas onde serão abordados temas como: Transição Energética e Educação: Desafios e Perspectivas para o Ensino Superior em Angola; Integração de Energia Sustentável e Inovação Tecnológica no Desenvolvimento Rural: Desafios e Estratégias para a Adopção de Práticas Sustentáveis e inclusivas; Transição Energética Justa: Caminhos para uma Energia Limpa e Acessível em Angola; bem como Transferência das Inovações Tecnológicas para a Sociedade.

O fórum será realizado em formato misto, combinando apresentações plenárias, mesas-redondas, feira de exposição, visitas práticas de campo e realização de um Hackathon. Serão convidados especialistas, académicos, representantes do sector privado, organizações da sociedade civil e autoridades governamentais para participar nas discussões e partilhar as suas experiências e conhecimentos.

 

O evento será prestigiado com a presença de representantes do Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação Angola, da Embaixadora da União Europeia em Angola, do Governo da Província da Huíla, dos dirigentes e representantes das Instituições de Ensino Superior (IES), Secretários de Estado, Directores Nacionais e províncias de distintos gabinetes ministeriais, Representantes do Programa UNI.AO, Decanos de diversas faculdades, Coordenadores de cursos relacionados com o sector, investigadores, empresários, entre outras individualidades.










13 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page